Archive

Como iniciar um negócio de comércio eletrônico

Iniciar um negócio é um sonho para muitas pessoas e, com o atual boom do varejo on-line, um negócio de comércio eletrônico parece ser uma grande oportunidade. Mas como você se coloca nessa esfera? Siga estas etapas e em breve você estará colhendo os frutos.

Escolha o seu nicho

Você desejará encontrar um nicho de varejo que proporcione boas vendas, com base nos produtos que você tem a oferecer aos seus clientes. Pode ser que você já tenha algo em mente, talvez um produto que você mesmo faça, mas também pode adquirir qualquer tipo de produto que você goste do exterior para vendê-lo em sua loja online.

Dropshipping também é uma opção. Este é um novo tipo de varejo que apresenta pouco risco para o vendedor. Você não precisa manter nenhum estoque, mas vende itens com uma pequena margem de lucro no preço do fornecedor e os envia diretamente do fornecedor ao seu cliente. Se você estiver interessado nesse tipo de comércio eletrônico, poderá descobrir mais sobre o tópico e como encontrar um ótimo nicho de dropshipping em outro lugar.

Configure seu site

Não importa o que você esteja vendendo, você precisa de uma loja on-line onde as pessoas possam ter acesso a ela. Se você não tiver isso, será pressionado a realizar vendas! Isso requer que você tenha um site que permita a venda de mercadorias e um sistema de pedidos para que você possa descobrir o que vendeu.

Primeiro, você precisará de um nome de domínio e, portanto, deverá escolher esse nome – e o nome da sua empresa ao mesmo tempo. Idealmente, eles devem ser os mesmos, para minimizar a confusão dos seus clientes. Depois de escolher seu nome de domínio, você pode comprá-lo e conectá-lo a um site depois de comprar sua hospedagem.

O WordPress é uma das maneiras mais populares de configurar um site, pois você pode configurá-lo de maneira rápida e fácil através de um modelo. Ele também oferece plugins que você pode usar para criar uma loja, onde recebe pagamentos de seus clientes e pode até salvar seus detalhes.

O Shopify é outro exemplo de um portal de vendas que você pode usar online, com o WordPress ou com um site que você mesmo criou. O formato é outro site de modelo da web que oferece a chance de configurar uma página da loja. Existem muitas opções por aí, portanto, faça sua pesquisa, pois seu site é muito importante.

Criar hype

Antes de iniciar, certifique-se de gastar algum tempo criando hype. Você quer garantir que as pessoas saibam que sua loja existe! Divulgue a mídia social, comece a criar uma lista de discussão para pessoas interessadas em saber quando você iniciar e prepare o maior número possível de fãs para o dia do lançamento.


Quando você tem uma ótima presença on-line, metade do trabalho da venda é feito para você. Crie um ótimo site e faça a roda da promoção girar para o sucesso!

O que faz um bom website?

Existem muitos fatores que afetam o prazer de alguém em um site específico. Isso pode incluir se ele se encaixa ou não em sua área de interesse geral, entre outros critérios subjetivos.

No entanto, existem algumas coisas que tendem a ser universais. Esses são os fatores que podem explicar a razão pela qual todos os sites mais populares do mundo têm certas coisas em comum. Vamos detalhar alguns dos grandes fatores aqui, para que você possa implementá-los em seu próprio site.

Design limpo

A indústria de web design tem tendência a uma tendência para o design limpo há muitos anos, e esse é um estilo que parece não estar desaparecendo. Por quê? Porque o design limpo oferece uma experiência muito mais preferível para seus visitantes. Eles podem ver todas as informações de que precisam claramente, não há distrações e a navegação é fácil.

Para utilizar o design limpo em seu próprio site, existem algumas etapas a serem limpas. Primeiro, simplifique sua navegação o máximo possível. Você realmente precisa de muitas páginas em seu site? Você pode ter uma escolha menor de opções de menu com submenus dentro deles, em vez de uma lista avassaladora à primeira vista?

Considere também sua escolha de cores. Um plano de fundo branco com texto em preto é sempre o mais simples e fácil de olhar – considere o Google, as opções padrão de servidores de e-mail e sites de mídia social, e assim por diante. Você pode e deve escolher uma cor de destaque que reflita sua marca – como a maneira como o Facebook usa o azul do logotipo em cabeçalhos, barras de menus e botões.

Finalmente, erradique imagens e floreios desnecessários. Se não for de valor absoluto para o espectador, você estará perdendo espaço e diminuindo o tempo de carregamento, o que é irritante para os clientes.

Informações de alta qualidade

Outra característica marcante de um ótimo site é a informação incluída nele. Um bom site incluirá informações pertinentes aos leitores, fáceis de entender e objetivas. Seus recursos devem ajudar seus visitantes a aprender mais sobre o tópico em que seu site é abordado. Se você é um fotógrafo, por exemplo, deve fornecer aos visitantes guias sobre como se vestir para uma sessão de fotos, o que esperar de seus serviços e assim por diante.

Há uma diferença entre fornecer um ótimo conteúdo informativo e tentar aprimorar seu site para fins de SEO. Seus clientes também podem dizer a diferença! Se você estiver incluindo artigos irrelevantes, repetitivos ou chatos apenas para aumentar seu SEO, deve repensar sua estratégia. Sempre existe uma maneira de fornecer grande valor aos seus clientes.

Um ótimo conteúdo é uma razão para os visitantes voltarem repetidamente, para se inscreverem na sua lista de e-mails para atualizações (você tem uma lista de e-mails, certo?), E para manter você em mente quando chegar a hora de comprar algo.

Implemente essas dicas para garantir um ótimo site – o que fará toda a diferença na experiência do visitante.

Como criar seu próprio site

Em 2020, é mais importante do que nunca que qualquer empresa tenha seu próprio site. O mesmo se aplica a uma empresa multinacional como freelancer ou comerciante único, uma vez que é na Internet que realizamos pesquisas para encontrar produtos para comprar, serviços para usar e parceiros para colaboração.

Mas como você configura seu próprio site? Aqui está um guia simples para montá-lo pela primeira vez.

Obtenha seu domínio e alojamento

Todo site precisa de um nome de domínio – o URL que as pessoas digitarão no navegador da Internet para encontrar o site. Se você optar por um .com ou um .org, um .pt ou algo relacionado ao seu país de residência, será necessário escolher o nome e a extensão.

Você pode comprar seu domínio de qualquer vendedor de domínio, e a próxima coisa que você precisará é de alojamento. Alojar é como alugar o espaço digital para o seu site, assim como você precisaria alugar um espaço físico para o seu escritório ou loja. A boa notícia é que a hospedagem é muito mais barata, embora ter um site não seja gratuito – há muitos processos e muita energia para manter um site ativo.

Você pode obter domínio e hospedagem da mesma empresa ou comprar separadamente, de acordo com sua preferência.

Encontre ou construa um modelo

O próximo passo é montar o site em si. Aqueles com experiência em codificação poderão construir o site do zero, mas se for a primeira vez, convém usar um modelo.

Existem muitos serviços que oferecem modelos – o WordPress é o mais popular, mas você também pode criar um site como o SitePro. Esses sites permitem escolher e personalizar um modelo pré-criado, que fornece a base para o layout e o design do site. É simples de fazer e pode levar horas, em oposição aos dias ou até semanas de criação do código.

Conecte tudo junto

A última coisa que você precisa fazer é conectar tudo. Você pode aplicar sua hospedagem e seu modelo ao seu nome de domínio, para que quando alguém insira seu URL, eles acessem o site que você acabou de configurar sem problemas.

Esse pode ser um processo complicado se você não souber o que está fazendo, mas a maioria dos sites de modelos mostrará como conectar seu domínio e sua hospedagem. Você também pode ligar para a linha de apoio para obter assistência extra. Não importa o que você faça, tome cuidado para não alterar algo que não esteja nas instruções, pois você pode estragar completamente o site!

Construir um site a partir do zero pode ser assustador para quem nunca o fez antes, mas, graças à conveniência e à proliferação de ferramentas inteligentes nos dias de hoje, nunca foi tão fácil criar seu próprio site. Você pode começar a trabalhar no mesmo dia em que teve a ideia!

Lusoepicentro

GRÁTIS
BAIXAR